Vida

Dia dos Pais no Ministério do Tempo

Dia dos Pais no Ministério do Tempo

Influência do “Ministério del Tiempo”, divertida série espanhola que comecei a acompanhar no Netflix, sonhei ontem, véspera do Dia dos Pais, que voltava ao passado, cruzando portas que me transportavam, como num passe de mágica, a tempos já vividos. Não podia, porém, interagir com ninguém, nem mexer em nada. Apenas observar. E isso já era […]

Leia Mais
Um anjo da guarda para o Fla

Um anjo da guarda para o Fla

Gosto de assistir aos jogos de futebol sozinho. Facilita a concentração e, consequentemente, a observação das nuances táticas das equipes e do desempenho individual dos jogadores. O duelo de ontem, entre Grêmio e Flamengo, entretanto, vi acompanhado. De um velho e querido amigo e companheiro que não encontrava pessoalmente há algum tempo. – E aí, […]

Leia Mais
Força, Abelão!

Força, Abelão!

Nenhum pai deveria sofrer a dor lancinante da perda de um filho. Quando uma tragédia como essa inverte o círculo da vida, o sofrimento é inimaginável, o pior possível. Por mais que seja também muito dura, a hora em que os filhos precisam enterrar seus pais, resta o consolo de estar se cumprindo a ordem […]

Leia Mais
Saudades, Vitú!

Saudades, Vitú!

Revi hoje, esse vídeo, na página de Luciana Canto e Mello, viúva de meu saudoso amigo Victorino Chermont e pai de seu filho, Vitúzinho. Que saudades, companheiro. Dos papos no SporTV e no Fox Sports e, principalmente, de suas sempre brilhantes participações nas duas primeiras versões de A Última Palavra, que criei e comandei. Que […]

Leia Mais
Muito bom. Vale a pena ver de novo!

Muito bom. Vale a pena ver de novo!

A entrevista (na verdade, um papo) de Casagrande com seu filho, goleiro reserva da Caldense, conduzida pelo sempre competente Mauro Naves, no intervalo do jogo com o Corinthians, pela Copa do Brasil, é daquelas coisas de emocionar e encantar. É muito mais do que uma conversa sobre esporte. É um momento único entre pai e […]

Leia Mais
Dica pra quem gosta de xadrez

Dica pra quem gosta de xadrez

Se você gosta de xadrez (eu adoro) e quer assistir a um filme leve e interessantíssimo (porque aborda também muito da vida de Bobby Fischer) procure no Netflix ou no Now, ou em qualquer outro catálogo “Lances Inocentes”. Acabei de vê-lo, quase que por acaso – tinha gravado há um tempo e estava meio perdido […]

Leia Mais
Paixões, lágrimas e lições

Paixões, lágrimas e lições

Essa crônica é do meu primeiro livro “Deixa que eu chuto”. Trata-se, na verdade, de uma grande metáfora, em homenagem ao meu pai, que não era botafoguense, mas sempre me apoiou e esteve do meu lado, independentemente de concordar comigo ou não. Foi num desses Flamengo e Botafogo da vida. Num Flamengo e Botafogo dos […]

Leia Mais
Lágrimas na viseira

Lágrimas na viseira

A crônica abaixo foi publicada no dia 22 de abril de 2003. Gosto muito dela, como de praticamente todas as que escrevi homenageando a memória de meu pai.  Não foi o espetacular drible de Robinho (na verdade, a única coisa que o endiabrado moleque fez no Maracanã); nem o impressionante golaço de Marcelinho (insuficiente para […]

Leia Mais